Em vídeo revoltante, homem admite que odeia negros e pega chinelo para bater em mulher

Imagens estão circulando pelas redes sociais e revoltando internautas; homem é sargento da PM.




 Repórter da TV Globo, Luiz Teixeira postou um vídeo no Twitter,  que está repercutindo e já ultrapassou a barreira das 200 mil visualizações. No vídeo, um homem aparece assumindo ser racista e brigando com uma mulher, autora da filmagem.


O homem foi identificado como policial em Santa Catarina e está sendo investigado. As declarações são pesadas. “Teu filho é um maldito de um negro desgraçado”, diz o homem. A mulher filma tudo e pergunta porque ele tem tanto ódio de pessoas “morenas”.

“Eu sou racista”, disse o homem em outro momento. Tudo pode ser assistido no vídeo abaixo. Mais à frente, o homem pega o chinelo e ameaça bater na mulher. A Polícia Civil investiga. A Polícia Militar confirmou que o homem que aparece nas imagens é um policial que está na reserva desde março de 2016. Ele é sargento da PM.


Em nota, a PM lamentou o ocorrido e afirmou ser contra violência e racismo. Nas redes sociais, muita gente tem comentado.
 “É um problema sim. Não mental, não psicológico. O problema, que é um crime, se chama racismo. Essa pessoa foi identificada? Ele foi denunciado? Até porque, também ameaça agredir uma mulher”, escreveu uma internauta.

“Quanto tempo ‘faz uso de medicação controlada’; ‘a declaração foi tirada de contexto’; ‘ele não quis dizer negro no geral, só negro’; ‘está com uma grave doença e não pode ser contrariado'”, comentou outra pessoa. “Meu Deus do céu. O crime tá claro e estampado, a cara do sujeito também. Racista e ameaça bater na mulher. Que raiva, cara”, postou outra internauta revoltada com o caso.