Ataque do Homem-Aranha aconteceu no domingo (12), em Teófilo Otoni. O super-herói não gostou de ver o garoto, de bicicleta, pegando carona no trenzinho 



O Homem-Aranha é um super-herói famoso por defender os fracos e oprimidos em Nova York, e é muito querido pelas crianças. No entanto em Teófilo Otoni, leste de Minas, ao contrário do verdadeiro Homem-Aranha, o "super-herói" teve um ataque de fúria e atacou uma criança de 12 anos.


A covardia aconteceu no domingo (12) e ainda repercute nas cidades do leste, por causa de um vídeo que mostra o Homem-Aranha Preto em uma atitude considerada pela maiorida dos internautas, como abominável.


Ele saltou do trenzinho e partiu pra cima da criança que seguia a carreta colorida, de bicicleta. Então ele agarrou o menino pelo pescoço, esganou, virou e derrubou a vítima e sua bicicleta. 



A cena lamentável foi filmada por uma pessoa que estava dentro de um carro, com uma mulher ao volante e crianças no banco de passageiros. No vídeo, as crianças os passageiros adultos do carro se divertem, pensando se tratar de uma encenação. Mas quando a criança recebe o golpe, a mulher que está ao volante se desespera e grita: “Uh, gente! Tem criança aqui!”


Veja o video:



A Polícia


O ataque do Homem-Aranha foi parar na Polícia Militar, que ouviu os tios do garoto e o Homem-Aranha na base comunitária da PM da Praça Tiradentes, no Centro de Teófilo Otoni. Os tios do garoto contaram aos policiais que estavam dentro do trenzinho quando viram o homem com a roupa do super-herói enforcando o sobrinho.


Eles saltaram do trenzinho e foram para cima do Homem-Aranha, para impedir que o pior acontecesse. O Homem-Aranha Preto se defendeu dizendo aos policiais que estava trabalhando no trenzinho e que a criança, bicicleta, estava 'pongando' (pegando carona) na carroceria.



O 'super-herói' ainda acrescentou que a criança foi advertida algumas vezes pelos seguranças para não pegar carona. Então, segundo relatou no Boletim de Ocorrências, ele saltou do trenzinho e esbarrou na criança.


O rapaz reclamou com os policiais que foi agredido pelo tio do garoto, que teria desferido um soco na sua testa e teria dito: "vou te matar". A Polícia registrou no boletim que o homem tinha um hematoma na testa. Para finalizar a ocorrência, todos os envolvidos, menos a criança, que ficou na praça com sua tia,  foram levados para o 19º Batalhão da PM para a lavratura de um Termo Circunstanciado de Ocorrências (TCO). Depois de Lavrado o TCO, todos foram liberados.


Manifestação da Empresa


Através das redes sociais, a empresa Trem Mineiro Diversões divulgou uma nota. Os donos do veículo disseram que o Homem-Aranha, o animador, "estava executando seu trabalho, ao perceber que um jovem ciclista seguia o trenzinho pela direita, paralelamente cercando os animadores, dificultando o trabalho dos mesmos".



De acordo com a nota 'o garoto foi advertido pela segurança várias vezes, mas não atendeu a ordenação, pois tais atitudes colocava em risco os colaboradores e o próprio ciclista, assim como acompanhamos um episódio fatal desse formato recentemente na cidade de Ipatinga. Assim, no calor do embalo, o colaborador tenta advertir o garoto de forma boçal – errônea- sucedendo o incidente'.


A empresa informou que, o Homem-Aranha, seu funcionário, 'sempre apresentou boa conduta, e também apresenta boas referências em outra empresa que presta serviços há mais de cinco anos, sempre com conduta virtuosa'.